PND pede mais celeridade ao Ministério Público

No processo de violação eleitoral referente às eleições regionais de outubro de 2011 por parte do PSD e do Governo Regional.

O dirigente do PND, Eduardo Welsh, espera que o Ministério Público atue o mais célere possível no processo de violação eleitoral que a Comissão Nacional de Eleições enviou ao Ministério Público, onde denuncia “a violação da lei eleitoral referente aos discursos do drº Alberto João Jardim e de dois presidente de câmara por violação da lei eleitoral, nomeadamente nos discursos das inaugurações onde violavam o seu dever de imparcialidade fazendo propaganda do PSD e atacando as forças concorrentes das eleições”, apontou Eduardo Welsh.

O porta voz da iniciativa do PND, que se realizou hoje junto ao Parlamento Regional, referiu ainda que o “PSD e do Governo Regional que fizeram batota eleitoral”, nas eleições regionais de outubro de 2011.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”][fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest