População promete ‘lutar até ao fim’

A CDU considera que o Governo Regional ‘ainda não mediu as consequências’ ao querer encerrar a Escola da Nogueira.

Os comunistas promoveram esta manhã uma acção de protesto contra o encerramento da Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-Escolar da Nogueira. A referida iniciativa contou com a participação da população local.

“O fecho da escola, sita no bairro problemático da Nogueira (Camacha), pode ser um autêntico barril de pólvora. Os governantes ainda não sabem onde se estão a meter, pois a população do Bairro da Nogueira tem carinho pelos seus filhos”, apontou Leonel Nunes.

O dirigente comunista reforçou, também, que é errado fechar a escola. “A população tem os seus filhos numa escola que está dentro do seu bairro, sendo o único espaço de preocupação pública que existe neste local. Os moradores não vão permitir que a escola feche e que se transfiram 170 crianças para outra localidade”, afirmou.

Desta forma, para o próximo domingo está agendada uma manifestação de protesto no Largo da Achada, na freguesia da Camacha. “A população irá prolongar a sua luta enquanto for necessário, tendo em vista a manterem a sua escola com dignidade e para que possam continuar a ter uma grande esperança na transformação daquele bairro, com aquela escola e os seus filhos a  participarem também nessa transformação”, concluiu Leonel Nunes.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest