CDU pede inconstitucionalidade das taxas moderadoras

O deputado Edgar Silva considerou que o sistema de saúde regional está em risco.

A CDU/Madeira realizou, durante a manhã de hoje, uma visita de trabalho ao Hospital Dr. Nélio Mendonça, para abordar as implicações dos novos cortes financeiros, os retrocessos quanto ao reconhecimento dos direitos dos utentes e as garantias de qualidade no atendimento e nos cuidados de saúde.

À saída, o deputado Edgar Silva mostrou também preocupado com a implementação das taxas moderadoras na Madeira, assim como com a crescente insatisfação dos profissionais de saúde.

“É necessário tudo fazer para impedir a entrada em vigor destas taxas moderadoras. Primeiro no Hospital Dr. Nélio de Mendonça, já a partir do dia 16 de Julho, e depois para evitar que se estendam aos centros de saúde”.

Os comunistas dizem que o sistema de saúde regional está “em risco” e vão apresentar algumas propostas, na Assembleia Legislativa, para assegurar a qualidade dos serviços de saúde na Região Autónoma da Madeira, entre as quais, um debate anual sobre o estado da saúde e medidas imediatas de ação.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest