SOLIDÁRIOS COM AS IPSS

As Instituições Particulares de Solidariedade Social, vulgarmente conhecidas por todos como as IPSS, têm, pela sua natureza, uma importância fundamental na vida quotidiana das populações. Pela sua proximidade com a população carenciada; pela sua capacidade de resposta em locais e em casos particulares e muito específicos; pelo seu papel na substituição da função social do Estado. Atendendo às crescentes dificuldades que actualmente assolam os portugueses, cada vez mais a sua relevância é incontornável.

A intervenção destas Instituições tem sempre em conta a individualidade do sujeito e a sua integração na comunidade em que se quer inserido. Conhecem, melhor que ninguém, o dia-a-dia dos indivíduos, além das carências registadas quer ao nível local e comunitário, quer, indiscutivelmente, ao nível individual. Cada situação é avaliada pelas Equipas Multidisciplinares que constituem as instituições dando uma resposta mais completa às problemática vivenciadas pelos sujeitos, permitindo um esbatimento das desigualdades sociais que hoje em dia são cada vez mais vincadas.

Agora que registamos a falência da ideia do Estado Social, daquele Estado sempre presente e previdente, as IPSS assumem um lugar de enorme relevo na linha da frente do combate aos diversos flagelos sociais decorrentes de fenómenos desreguladores do organismo familiar, como o desemprego, a pobreza, a exclusão social e a alteração súbdita de hábitos de vida que, até à data, tornavam a vida aparentemente mais segura.

A promoção e protecção destas Instituições deve ser prioridade máxima, não só pelos órgãos competentes dos Governos nacional e regional, mas também, ganhando importância, espaço e reconhecimento na consciência social. O papel destas organizações, não só permite uma poupança incalculável ao Estado, caso fosse obrigado a intervir directamente, como as coloca, ao mesmo tempo, como um dos maiores empregadores. Atendendo aos níveis recordes de desemprego que a primeira metade de 2012 registou, este é um pormenor nada despiciendo.

[twitter style=”vertical” float=”left”][fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest