Hospital já recebeu 42 vítimas dos incêndios

No entanto, nenhum dos doentes inspira cuidados de maior.

Desde o dia 18 de julho e até às 03h00 de hoje, os Serviços de Urgências do Hospital Dr. Nélio Mendonça já receberam 22 doentes vítimas dos incêndios. “Entretanto, a segunda leva de doentes começou hoje, às 09h00, sendo que o ponto da situação até às 18h00 são mais 20 pacientes, – 18 amarelos e dois laranjas – com os mesmos tipos de problemas daqueles que ocorreram ontem aos nossos serviços (problemas oftalmológicos, problemas respiratórios e problemas do foro ortopédico)”, apontou Pedro Ramos, esta tarde em conferência de imprensa.

O diretor dos Serviços de Urgências do Hospital Dr. Nélio Mendonça garantiu, ainda, que neste momento não há doentes que inspirem cuidados de maior. “Como já disse no primeiro comunicado, não recebemos doentes com grandes queimaduras, os únicos problemas são os provocados pela longa exposição ao fogo”, sublinhou.

Pedro Mendonça informou também que há cerca de três doentes idosos que estão internados, pois “não têm condições” de voltar para as suas casas. “Estes três idosos têm alta prevista para o dia de amanhã. Temos também um doente que, como faz diálise e tem o tratamento marcado para amanhã, ficou internado no hospital”, concluiu.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest