Albuquerque afirma que não vai deixar de dar a sua opinião

Miguel Albuquerque reage a críticas que o acusam de ser “exibicionista” e de ter “ânsia de protagonismo”.

O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Albuquerque, reagiu há instantes, em comunicado, às declarações que o acusam de “exibicionismo e falta de competência”.

Na nota enviada às redações pode ler-se o seguinte conteúdo: 1.“A minha opinião sobre o Sistema Integrado de Operações de Socorro numa altura em que os recursos, sobretudo os financeiros, são escassos, é perfeitamente legítima, numa ótica construtiva, independentemente de ferir determinadas suscetibilidades.

2. A minha alegada ‘ânsia de protagonismo’ e de ‘exibicionismo’ insere-se no âmbito das minhas responsabilidades e competências na Proteção Civil Municipal, nomeadamente na coordenação dos meios de socorro às populações do Concelho do Funchal.

3. Mesmo que alguém não goste, é assim que vou continuar a atuar, não deixando de dar a minha opinião enquanto político e cidadão sobre qualquer matéria de interesse público que entenda relevante.

4. Aliás, estando a decorrer o processo de elaboração do Plano Regional de Emergência este é o momento para se iniciar uma reflexão séria sobre esta questão, englobando todos os municípios, incluindo os autarcas com ‘ânsias de protagonismo’ e ‘exibicionismo’.

5. Nunca, em momento algum, critiquei qualquer responsável ou elemento da Proteção Civil Regional”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”][fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest