Obra da ribeira da Agualva concluída

A obra de reperfilamento da ribeira da Agualva, na ilha Terceira, foi, numa cerimónia em que estiveram presentes o Vice-presidente do Governo e o Secretário Regional do Ambiente e do Mar.

Conforme disse, na ocasião, Álamo Meneses, está concluído “o troço que é crítico” estando terminadas todas as obras que “têm a ver com a segurança de pessoas e bens”, enquanto outra empreitada, mais abaixo no percurso daquele curso de água, que tem a ver com a limpeza remoção de construções e renaturalização da ribeira, também está quase pronta.

O Secretário do Ambiente disse também que a obra ficou em “excelentes condições” e já foi testada, porque já houve fortes chuvadas e o comportamento foi “exatamente como esperávamos”.

“É uma obra que melhorou, em muito, a segurança na Agualva e que veio, também, trazer outras condições urbanísticas à freguesia, com melhoramento da qualidade de habitações, requalificação da malha urbana, com a construção de pontes, pavimentação de estradas e abertura de novas ruas”, disse ainda Álamo Meneses.

Estas obras, tiveram um valor global de 2,5 milhões de euros, tendo incluído a criação de uma bacia de retenção de matérias sólidas pesadas, como pedras e lamas, uma outra para parar troncos e ramos de árvores, bem como um sistema de desaceleração das águas.

Foram, ainda, demolidas várias casas em risco e outras construções que, ao longo dos anos foram construídas no leito original da ribeira ou imediatamente ao lado.

A obra agora inaugurada permitiu desviar a ribeira do seu percurso original, aproveitando pequenas parcelas de terrenos que serviam de hortas, para a afastar das habitações.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest