Alunos pouco animados

Os resultados da segunda fase dos Exames Nacionais foram afixados esta manhã.

Nesta segunda fase, foram menos os alunos que se inscreveram. Aliás, os placards com as notas, afixados na Escola Secundária Jaime Moniz, eram visivelmente inferiores quando comparado à afixação dos resultados relativos à primeira fase dos exames nacionais.

Na referida escola, a afluência de alunos para consultarem as suas notas era muito reduzida, sendo que os poucos estudantes que se encontravam no local não pareciam muito animados.

“Fiz o exame de Matemática e tirei 10 valores. Já estava à espera desta nota pelas contas que já tinha feito em casa. A minha nota de ingresso para o ensino superior vai ser a de Matemática, pois escolhi Engenharia Informática”, apontou Paulo Dinis, aluno do 12ª ano.

Visivelmente desiludida, Laura Pestana teve 9 valores em Biologia e Geologia. “Não estava à espera desta nota. Aliás eu perdi o ano por causa desta nota. Para o ano espera-me o 11º ano outra vez”, lamentou.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Educação e Ciência, a média na segunda fase dos exames de Português do secundário subiu duas décimas (10,6) em relação à primeira fase (10,4), mas na matemática as classificações desceram para o negativo (10,4 [1ª fase] e 9,7 [2ª fase]) .

A nível da Filosofia a média subiu uma décima para os nove valores. O exame nacional do Secundário de Economia foi o que registou uma melhor média (11 valores).

Por sua vez, as notas de Fisico-Química desceram de 8,1 para 7,8 valores, tendência que foi acompanhada pela Biologia e Geologia. A disciplina de História registou uma média de 10 valores e a de Geografia ficou com 10,5 valores, menos uma décima em relação à primeira fase.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest