Autarquia deve intervir na privatização da Horários do Funchal [VÍDEO]

A CDU/M diz que a privatização da empresa Horários do Funchal vai prejudicar o serviço público.

A CDU/Madeira abordou hoje, em conferência de imprensa, a questão dos transportes públicos na cidade do Funchal, designadamente a privatização da empresa Horários do Funchal e as implicações no dia-a-dia dos utentes.

“Tememos que a questão do serviço de transporte público possa sofrer, a exemplo do que acontece noutras áreas do serviço público, quebras significativas”, apontou Énio Martins, acrescentando que a Câmara Municipal do Funchal, embora não seja responsável direta pela empresa, tem uma palavra a dizer.

Na ação política, junto às Galerias São Lourenço, para além do alargamento do serviço de transporte público, os dirigentes comunistas defenderam mesmo a reativação de algumas das antigas carreiras que serviam as zonas mais urbanas.

Énio Martins disse que esta é a altura ideal para a conhecer e debater as inovações que serão implementadas. Por isso, logo que sejam retomadas as reuniões da vereação, a CDU/M vai insistir numa maior intervenção autárquica no processo de privatização, a fim de assegurar os direitos dos utentes e a qualidade do serviço.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest