CDU insiste na construção do novo hospital

Artur Andrade defende que o projeto poderá ser construído com verbas comunitárias, no âmbito do Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020.

“A justificação da construção do novo hospital tem cabimento no novo Quadro Comunitário de Apoio. O Governo Regional não pode, sob pena de irresponsabilidade e pelos custos que irá ter a longo prazo, abandonar a construção do novo hospital, por isso tem que preparar o processo de candidatura da unidade hospitalar no novo Quadro Comunitário de Apoio”, defendeu o vereador da CDU na Câmara Municipal do Funchal, esta manhã em conferência de imprensa.

Artur Andrade salientou também que a referida construção traria benefícios em várias áreas. “Para além dos impactos na área da Saúde, a construção teria implicações na área do emprego, nomeadamente no sector da construção civil. Por outro lado, é necessário tomar uma decisão com alguma rapidez porque, por exemplo, o Plano Diretor Municipal da Câmara Municipal do Funchal, que está a ser revisto, necessita de definir a zona de implantação de uma infira-estrutura deste tipo”, apontou.

O comunista disse, ainda, que a não construção de um novo hospital representaria a perda de inúmeras verbas. “Perde-se muitos milhões de euros que foram gastos em estudos e em expropriações. É uma irresponsabilidade do Governo Regional deixar cair o projeto do novo hospital e não candidatar-se ao novo Quadro Comunitário de Apoio”, concluiu.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest