‘Vamos continuar o trabalho de prevenção’

O diretor do Serviço de Prevenção da Toxicodependência não comenta a devolução do diploma sobre as chamadas “drogas legais”.

O representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto, recebeu esta manhã em audiência o diretor do Serviço de Prevenção da Toxicodependência. À saída do encontro, que durou cerca de uma hora, Nelson Carvalho recusou-se a comentar se foi abordado o assunto do Representante da República ter devolvido à Assembleia Legislativa da Madeira o diploma sobre as “drogas legais, referindo que se tratou apenas “de uma reunião de trabalho”.

“Foi uma reunião de trabalho muito profícua, houve uma troca de ideias. Ficamos de nos contactar sempre que se justifique para irmos trocando ideias”, indicou o diretor do Serviço de Prevenção da Toxicodependência, reiterando que “não fazia comentários” sobre a devolução do diploma em causa.

Nelson Carvalho referiu, ainda, que o consumo de drogas não se tem agravado na Região, fruto das várias campanhas de sensibilização e de prevenção que têm sido levados a cabo junto da opinião pública. “A população tem de estar sensibilizada e unida para este problema. Isto é um problema que afeta toda a gente e se estivermos todos unidos mais rapidamente evitamos que ele se propague”, sublinhou.

O diretor do Serviço de Prevenção da Toxicodependência referiu, ainda, que “não se sente impotente” perante o aumento do consumo das chamadas drogas legais. “Quem trabalha na prevenção nunca pode se sentir impotente, porque prevenir é educar as pessoas”, transmitiu, acrescentando que a população está cada vez mais sensibilizada para a problemática das drogas.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest