Eficácia das escolas é medida pelas “aprendizagens dos alunos”

Os alunos têm que estar no “centro de toda esta dinâmica” educacional, defende Jaime Freitas.

IMG_5523A Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos apresentou, esta manhã, o livro “Viver com Animação – Estratégias para uma escola, um trabalho, uma vida mais feliz”, que é resultado de uma ação de formação promovida pela Direção Regional de Educação e orientada pelo professor Francisco Caldeira.

Jaime Freitas, secretário regional de Educação e Recursos Humanos, referiu que, perante um contexto de mudanças tecnológicas e sociais, estes projetos de formação assumem grande importância. “Entendemos que este é mais um contributo para que, na nossa sociedade, as instituições, os profissionais, os encarregados de educação e os alunos, que são quem tem que estar no centro de toda esta dinâmica, possam efetivamente realizar mais e melhores aprendizagens”.

O governante fez questão de dizer também que estamos perante um novo paradigma educacional, em que mais do que uma visão que defende a adoção de um determinada pedagogia e o seu desenvolvimento “até ao seu limite”, há hoje uma visão eclética. “A eficácia das escolas tem de ser medida na medida das aprendizagens dos alunos. E por isso não é tão relevante que se aplique uma pedagogia de objetivos, o que é importante é que se saibam colher os contributos, os diversos pensamentos, sobre as escolas”.

Francisco Caldeira, o autor, sublinhou que o livro “não pretende ser um trabalho académico com fundamentação teórica de muitos autores, mas sim um auxiliar para a vida, de fácil leitura, claro e conciso. Procura juntar algumas bases de reflexão e servir de ponto de partida para outras leituras e outras atividades práticas que possam significar uma maior atenção ao ser que habita em cada um de nós”.

Sobre a formação, em concreto, esta conta já com quatro anos de atividade – começou em Novembro de 2009 -, e desde então centenas de educadores, diretores de escolha, professores, encarregados de educação, funcionários administrativos e operacionais participaram em “Viver com Animação – Estratégias para uma escola, um trabalho, uma vida mais feliz”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest