Lançamento da Agenda Trimestral do Teatro Baltazar Dias

O Teatro Municipal Baltazar Dias apresenta, no próximo dia 20 de setembro, às 18 horas, a sua Agenda Trimestral, com a presença do Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo. Num evento aberto ao público em geral, será apresentada a programação definida de setembro a novembro de 2016, com destaque para cinco estreias e 36 espetáculos de música, teatro e dança.
No primeiro trimestre da nova temporada artística, haverá um investimento em espetáculos teatrais para o público turístico, com a exibição de dois espetáculos em inglês “João Alves & Friends” e “Of Mice and Men”, baseado no famoso livro de John Steinbeck. No mês de novembro, terá lugar, por sua vez, a estreia do espetáculo “Agravados”, pela Companhia Contigo Teatro, em coprodução com a Câmara Municipal do Funchal, e que se baseia nos textos de Gil Vicente, dirigindo-se ao público infantojuvenil. Outra estreia digna de registo será a do Genesis Piano Project, com os pianistas Angelo Di Loreto e Adam Kromelow, que irão interpretar, a quatro mãos, músicas da banda britânica da década de 70. Sublinha-se, ainda, o regresso de Eduardo Luiz como encenador, no espetáculo de teatro “Soprou Vento Leste”, baseado num texto de Lília Bernardes, e que a ela constitui uma sentida homenagem, por parte da Associação de Solidariedade Social dos Professores.
No primeiro trimestre da nova temporada artística, haverá um investimento em espetáculos teatrais para o público turístico, com a exibição de dois espetáculos em inglês “João Alves & Friends” e “Of Mice and Men”, baseado no famoso livro de John Steinbeck. No mês de novembro, terá lugar, por sua vez, a estreia do espetáculo “Agravados”, pela Companhia Contigo Teatro, em coprodução com a Câmara Municipal do Funchal, e que se baseia nos textos de Gil Vicente, dirigindo-se ao público infantojuvenil. Outra estreia digna de registo será a do Genesis Piano Project, com os pianistas Angelo Di Loreto e Adam Kromelow, que irão interpretar, a quatro mãos, músicas da banda britânica da década de 70. Sublinha-se, ainda, o regresso de Eduardo Luiz como encenador, no espetáculo de teatro “Soprou Vento Leste”, baseado num texto de Lília Bernardes, e que a ela constitui uma sentida homenagem, por parte da Associação de Solidariedade Social dos Professores.

Pin It on Pinterest