Erdogan acusa os Estados Unidos de enviar armas para curdos na Síria

O presidente da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan, acusou os Estados Unidos de ter enviado armas aos curdos do norte da Síria, avança a imprensa local.

«Há três dias, dois aviões cheios de armas aterraram em Kobani (norte da Síria)», afirmou Erdogan num discurso perante representantes da comunidade turca nos Estados Unidos.

O jornal pró-governamental Yeni Safak cita hoje algumas declarações de Erdogan nas quais afirma que no passado já tinham realizado envios semelhantes.

«Metade destas armas acabaram nas mãos do Estado Islâmico e outra metade no PYD (Partido da União Democrática, principal formação política curdo-síria)», afirmou o presidente turco.

Pin It on Pinterest