Madeira e Algarve lideram taxa de ocupação quarto

De acordo com informação veiculada pelo AHP Tourism Monitor, os hotéis nacionais registaram, no mês de agosto de 2016, uma taxa de ocupação de 88,8%, o que representa uma subida de 1,6 p.p. em comparação com o mesmo mês do ano passado

Já preço médio por quarto ocupado subiu 10% (fixou-se em 105,7 euros) e o RevPar – preço médio por quarto disponível aumentou 11,9% (fixou-se em 93,7 euros). “A receita média por turista no hotel foi de 137 euros (mais 18,1% do que em Agosto de 2015) e a estada média de 2,07 dias, mais 4% do que no período homólogo”, revela o AHP Tourism Monitor.

Os destinos turísticos com a taxa de ocupação quarto mais elevada foram Madeira (93,4%), Algarve (93,4%) e Estoril/Sintra (89,9%) e com o RevPar mais elevado foram Algarve (153,6 euros), Estoril/Sintra (111,8 euros) e Lisboa (84,5 euros).

“Agosto é sempre um bom mês para a hotelaria nacional e este ano não foi exceção. Em termos de variação homóloga da taxa de ocupação destaque para as unidades de três estrelas, com uma variação de mais 2,6% face a 2015. Todavia, em termos absolutos, foi a categoria das 4 estrelas que registou melhor taxa de ocupação (91%) As restantes categorias, com excepção das de duas estrelas, também registaram aumentos. Em relação ao preço médio por quarto ocupado, o destaque vai para as duas estrelas onde a variação foi de mais 12,9% (56,76 euros). De destacar que em todos os destinos e em todas as categorias subiu o REVPAR, nuns casos porque subiu o preço médio, noutros porque subiu a taxa de ocupação, noutros porque subiram ambos os indicadores”, realça Cristina Siza Vieira, presidente executiva da AHP.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger