Detenção de dois indivíduos por crime de rapto, ofensa à integridade física e extorsão

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT), em inquérito titulado pelo DIAP de Sintra, deteve fora de flagrante delito, dois homens, ambos com 26 anos de idade, no âmbito de uma investigação por crime de rapto, ofensa à integridade física qualificada e extorsão agravada.

A investigação, muito recente, teve início logo após a libertação da vítima raptada, tendo a mesma sido intercetada na via pública e a transportada para outro local, sob constante ameaça sobre a vida e grande violência física, tendo como fim a extorsão de uma quantia monetária a uma outra vítima.

As ameaças e a violência foram concretizadas mediante o recurso a arma de fogo, utilização de bastão e spray, os quais foram apreendidos no decurso das diversas buscas que vieram a ser efetuadas.

Um dos detidos é agente da Polícia de Segurança Pública, tendo a detenção deste suspeito sido previamente coordenada com esta força.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial tendo-lhes sido aplicada as medidas de coação de termo de identidade e residência e de prisão preventiva.

Pin It on Pinterest