Receitas de Serviço da Vodafone Portugal crescem 2,2%

A Vodafone Portugal apresenta um crescimento operacional nos segmentos mais relevantes do mercado e consolida a tendência de melhoria dos indicadores financeiros durante o segundo trimestre do exercício fiscal 2016-2017 (com início em abril de 2016 e conclusão em março de 2017).

As Receitas de Serviço atingem 236,9 milhões de euros entre julho e setembro, o que representa um acréscimo de 2,2% (Q1: +0,2%) face ao período homólogo. Este desempenho revela uma aceleração significativa do ritmo de crescimento do principal indicador de negócio, que avança pelo 4º trimestre consecutivo.

“Este desempenho é ainda mais expressivo se considerarmos o efeito da descida das tarifas de terminação móvel da voz, sem a qual as Receitas de Serviço teriam subido, neste trimestre, 2,9% YoY”, revela um comunicado enviado pela empresa.

A análise semestral (6 meses findos em setembro) mostra que os principais indicadores operacionais mantêm a tendência positiva. As receitas de serviço da Vodafone atingem 457,6 milhões de euros, mais 1,2% YoY, enquanto as receitas totais sobem 0,6% YoY (sem os efeitos da interligação).

“A Vodafone Portugal mantém a tendência de crescimento, reflexo de um posicionamento estratégico diferenciador num sector cada vez mais competitivo e convergente. O serviço móvel apresenta uma progressiva recuperação, permitindo à Vodafone manter a sua posição de relevo nesse segmento, e no negócio fixo, em particular na TV por subscrição, a Vodafone tem vindo a reforçar sistematicamente a sua quota de mercado”, afirma Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger