Secretário da Educação questionado sobre o Conservatório-Escola das Artes

“As notícias a propósito do futuro profissional dos professores do Conservatório-Escola das Artes, refletem a falta de orientação e uma atitude pouco transparente da Secretaria da Educação”, diz Sofia Canha, do Partido Socialista da Madeira.

São notícias com conteúdos contraditórios: por um lado, divulga-se uma posição de abertura do secretário da educação para uma negociação com o sindicato representativo de apenas 5% do corpo docente do CEPAM e da sua intenção de integrar os docentes em causa na carreira respetiva, por outro lado, na audiência das partes que decorreu ontem no Tribunal do Trabalho, ficamos a saber que a Direção do Conservatório mantém a sua decisão de transitar os professores para a Tabela Remuneratória Única.

“Afinal, em que ficamos? O Sr. Secretário não está articulado com a Direção do CEPAM? Ou a Direção está a afrontar o Sr. Secretário da Educação? E como adjetivar a atitude da Secretaria que quase ignora, em termos negociais, o sindicato mais representativo (70%) do corpo docente do Conservatório, preferindo criar ambiguidade e manter a incerteza quanto ao futuro dos docentes em causa. Exortamos o Sr. Secretário que explique rapidamente o seu posicionamento e intenção sobre o assunto”.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger