«Brexit» aumenta número de insolvências de empresas britânicas

Na Grã-Bretanha, o segundo trimestre de 2016 ficou marcado pelo aumento do número de insolvências de empresas britânicas, o que não acontecia há quatro anos. Um estudo da Cosec/ Euler Hermes conclui que o aumento das falências é uma consequência direta do Brexit.

Segundo os analistas, o Reino Unido deverá registar 20 mil insolvências em 2016, mais 1% face ao ano passado, mas em 2017 a tendência deverá agravar-se em 8%, com o número de insolvências a ultrapassar as 21.800.

Em 2018 deverão registar-se 23.100 insolvências, um número que cresce para 25.170 em 2019, caso o Brexit seja parcial, excluindo Escócia e Irlanda.

A saída total do Reino Unido da União Europeia agravará o número de insolvências em 2019 para 25.570.

Pin It on Pinterest