Portugueses pesquisam informação na Internet mas preferem ver montras

Atualmente, cerca de um quinto dos portugueses (19%) faz pesquisa na Internet, em primeiro lugar, antes de realizar uma compra, um valor que praticamente se mantém em relação ao ano anterior (20%). No geral, a maioria dos consumidores (70%) prefere ver primeiro as montras e obter informações de compra diretamente nas lojas, refere o estudo do Observador Cetelem, que analisou o consumo em Portugal e as intenções de compra para o Natal.

Embora a maior parte dos inquiridos opte por ir diretamente às lojas, há cada vez mais consumidores a pesquisarem informação online antes de realizarem uma compra, se forem considerados os que utilizam a Internet como primeira e como segunda fonte de informação. No total, 43% recorrem à Internet (19% utilizaram-na como fonte principal e 24% como fonte secundária), um valor que tem vindo a crescer ao longo dos últimos anos: 31% em 2013; 37% em 2014 e 41% em 2015.

Este estudo foi desenvolvido em colaboração com a Nielsen, tendo sido realizados 600 inquéritos por telefone, a indivíduos de Portugal continental, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos, entre os dias 26 e 28 de setembro de 2016. O erro máximo é de +4.0 para um intervalo de confiança de 95%.

Pin It on Pinterest