Novos Campeões Nacionais dos “Jogos Santa Casa” 2016

O Campeonato Nacional de Seniores “Jogos Santa Casa” 2016 cumpriu-se este sábado, no Pavilhão Multiusos de Odivelas. A competição mais importante do calendário de Judo Português condecorou os Campeões Nacionais 2016.

Após as eliminatórias desta manhã que opuseram 155 Atletas de 13 categorias, o Bloco de Finais cumpriu as expectativas com grandes combates entre os melhores judocas nacionais.

Nas 6 categorias femininas competiram 36 Atletas. Joana Diogo (-48 Kg), Leandra Freitas (-52 Kg), Joana Ramos (-57 Kg), (-63 Kg), Marta Silva (-70 Kg) e Yahima Ramirez (+70 Kg) venceram as finais e sagraram-se Campeãs Nacionais.

No setor masculino foram disputadas 7 categorias por 119 judocas, coroando os novos Campeões Nacionais: Alexandre Silva (-60 Kg), David Reis (-66 Kg), Nuno Saraiva (-73 Kg), Diogo Lima (-81 Kg), Tiago Rodrigues (-90 Kg), Pedro Silva (-100 Kg) e Diogo Silva (+100 Kg).

Destaque para Leandra Freitas (diferente categoria), Tiago Rodrigues (-90 Kg), Pedro Silva (-100 Kg) e Diogo Silva (+100 Kg) que conseguiram renovar os seus títulos.
Comentários dos jogadores:

Leandra Freitas – Campeã Nacional -52 kg: “Foi a minha estreia nos -52kgs e ganhei. O judo ensina-nos que nunca devemos desistir, estava com 3 penalizações e consegui dar a volta ao resultado e conquistar a medalha de ouro. Foi uma boa estreia. Já estava a ser muito difícil lutar nos -48kgs, física e psicologicamente, já não conseguia. Vivo em Paris há cerca de 5 anos tenho objetivos novos para as competições internacionais, quero muito continuar a competir e ter bons resultados”

Alexandre Silva – Campeão Nacional -60 kg: “Fiz um bom percurso nos juniores com alguns títulos mas agora esta transição para os seniores está a ser difícil, tenho que trabalhar mais. Esta medalha veio-me dar força para ultrapassar as barreiras que ainda tenho. O meu grande objetivo agora é ir lá para fora combater participar no máximo de competições e claro daqui a 4 anos ir aos Jogos Olímpicos.

O nosso combate foi difícil, o meu adversário era muito forte mas consegui à 2ª vez fazer ippon, foi fantástico. O nosso clube tem boas condições, o treino é muito forte mas há poucos clubes, temos que combater com os atletas da casa.”

Pedro Pinheiro Treinador do Boavista FC: “Há 21 anos que não havia um título para a zona norte, foi muito bom o Alexandre ter conquistado o ouro. Temos um bom departamento médico, boas condições de trabalho mas treinamos sozinhos, não temos adversários o que torna tudo muito mais difícil.

Os nossos objetivos têm que ser sempre muito altos para serem atingidos. Com o Alexandre estamos já a olhar para Tóquio, tenho a certeza que vais fazer um bom percurso. Tinha 18 anos quando vi nos Maristas de Carcavelos a última vitória de um atleta do norte. Vamos ter muito trabalho pela frente o lema é trabalhar mais e melhor”

Rui Vieira – Diretor Técnico Nacional: “Este Campeonato Nacional surge a seguir aos Jogos Olímpicos, quando estamos a iniciar um novo ciclo de 4 anos. É uma competição importante para a renovação do judo e das seleções nacionais. Apesar de não ter sido muito participado, tivemos grandes combates, alguns atletas renovaram os seus títulos e outros sagraram-se campeões pela primeira vez. Isto deixa em aberto o surgimento de novos valores para as seleções nacionais na nova temporada internacional que estamos prestes a iniciar.”

jogo2

Pin It on Pinterest