Não houve explosão a bordo de avião russo

Uma das caixas negras do avião russo que caiu no Mar Negro, matando as 92 pessoas, revela que não houve qualquer explosão a bordo. Mesmo assim, os investigadores não descartam a hipótese de interferência externa.

“Depois de decifrar a primeira gravação, concluímos que não houve qualquer explosão a bordo”, disse o general Sergei Bainetov, que lidera a investigação do Ministério da Defesa.

A gravação contém palavras do piloto a indicar que houve uma “situação especial” que começou a desenrolar-se a bordo do avião, mas não são dadas mais informações. Sergei Bainetov não descarta a hipótese de atentado terrorista, uma vez que “um ataque terrorista nem sempre envolve uma explosão”.

O avião Tupolev Tu-154 despenhou-se no mar, no domingo, dois minutos depois de descolar com boas condições climatéricas da cidade costeira russa de Sochi. Transportava os 64 membros do coro Alexandrov Ensemble, mundialmente conhecido como o Coro do Exército Vermelho, para um concerto de ano novo numa base militar russa na Síria.

Pin It on Pinterest