Debussy e Piazzolla serão ouvidos na ALM

A Associação Notas e Sinfonias Atlânticas, entidade que gere a Orquestra Clássica da Madeira, apresenta no sábado (29), pelas 18.00 horas, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa da Madeira (ALM), um concerto de Música de Câmara protagonizado pelo agrupamento “Quinteto de Sopros Atlântida”.

O Quinteto Atlântida é formado por cinco instrumentistas da Orquestra Clássica da Madeira e interpreta obras originais de vários compositores, assim como aborda transcrições baseadas em grandes temas que ficaram na história da música como referência de determinada época.

As propostas musicais deste grupo, destacam-se sobretudo pelas características sonoras e de timbre dos seus instrumentos, assim como por sugestões diferenciadas baseadas no extenso repertório existente”, pode ler-se no comunicado enviado hoje às redacções. “O compromisso musical através do trabalho da dinâmica, da articulação, e do sentir a pulsação rítmica, e a importância destas abordagens em grupos mais reduzidos com uma exposição individualizada dos músicos em palco, são uma mais-valia para o resultado do naipe em orquestra.”

Neste concerto, o programa é maioritariamente dedicado a dois compositores franceses, Taffanel e Debussy, mas o Quinteto Atlântida termina-o “de forma descontraída com “Libertango” do argentino Astor Piazzolla”.

No emblemático Salão Nobre da ALM estará Pedro Camacho na flauta transversal, Louise Whipham no oboé, José Barros no clarinete, Manuel Balbino no fagote e Luís Sousa na trompa.

Os bilhetes custam entre 5 e 10€ e estão disponíveis no La Vie Funchal Shopping Center – Loja Naturalmente Português (Piso 1), das 09:00 às 22:00, e no dia do concerto no local, a partir das 14:00.

Pin It on Pinterest