Formação incrementa competências dos pescadores de atum

A Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais (SRIAS), através do Instituto de Emprego da Madeira (IEM), lançou o projeto ‘Qualificar para a Estiva’ dirigido aos pescadores envolvidos na faina do atum em 2016.  ‘Qualificar para a Estiva’ é um curso de formação profissional que visa, não só dotar os formandos de conhecimentos e competências, mas também assegurar a detenção da ‘Cédula de Inscrição Marítima’ obrigatória aos profissionais embarcados em operações de estiva.

Na ocasião, a secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais, Rubina Leal, vincou a especificidade da formação. “Aquilo que nós pretendemos é dotar estes profissionais de mais competências, maiores conhecimentos e, também, de melhor certificação”, frisou.

A primeira fase do ‘Qualificar para a Estiva’ teve início a 9 de janeiro com 100 formandos do Caniçal e Machico. O projeto piloto engloba 400 horas de formação sem custos para os formandos.

Pin It on Pinterest