Polícia Judiciária deteve célula de organização criminosa internacional

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve em flagrante delito três homens provenientes de países da América do Sul, na sequência de assaltos cometidos na passada quarta-feira nas cidades de Gondomar e do Porto.
O modus operandi utilizado foi o escalamento e arrombamento de moradias sitas em zonas conotadas com pessoas de elevado estatuto socioeconómico, ao início da noite, aproveitando o facto dos residentes ainda não terem regressado a casa após o dia de trabalho.

Um dos assaltos foi consumado e o outro apenas tentado, dado que os suspeitos foram surpreendidos pelos residentes que já se encontravam em casa.

Os crimes em causa vêm provocando grande alarme social, visto serem cometidos com grande eficácia e profissionalismo, visando estabelecimentos comerciais e habitações de onde têm vindo a ser subtraídos bens de elevado valor, que se suspeita sejam escoados para fora do nosso país.

Na sequência da intervenção policial foi possível apreender aos suspeitos elevadas quantias em dinheiro, objetos em metais preciosos, documentos de identificação falsos, ferramentas utilizadas para o cometimento dos crimes, tendo-se procedido ainda à suspensão cautelar da remessa de encomendas postais para o estrangeiro.

Os suspeitos farão parte de um grupo criminoso mais vasto, de cariz internacional, que se dedicará ao cometimento de outros crimes desta natureza em diversas áreas do país.

Os detidos, de nacionalidade estrangeira, com idades compreendidas entre os 24 e os 37 anos de idade, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Pin It on Pinterest