Cadeia de lojas deixa de vender a marca de Ivanka Trump

A cadeia de lojas Nordstrom, uma das mais populares nos EUA, enviou um comunicado esta quinta-feira a anunciar que iria deixar de comercializar, quer nos seus espaços físicos como no seu website, a marca Ivanka Trump, que inclui roupa, calçado e acessórios.

A empresa explicou que a decisão foi tomada com a descida das vendas em relação à marca da filha de Donald Trump, que a imprensa internacional tem chamado de uma espécie de “boicote”, por parte dos cidadãos que estão descontentes com as políticas do seu novo presidente.

“Sempre dissemos que tomamos decisões de negócio com base nas vendas. Neste caso, olhando para a performance que a marca tem tido, decidimos não comprar nenhum artigo nesta temporada”, afirmou a porta-voz da Nordstrom à revista ‘Fortune’.

Também numa mensagem divulgada no Twitter, a empresa quis deixar claro que não se trata de uma decisão política terminar esta parceria com Ivanka, que dura há seis anos. “Esperamos que a venda de produtos de outros não seja encarada como uma posição política da nossa parte”, dizia a mensagem.

Pin It on Pinterest