ABM abre mostra dedicada à Academia de Música e Belas Artes da Madeira

O Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira (ABM) abre ao público amanhã, na Sala de Leitura do Arquivo e Reservados daquela instituição, a mostra documental dedicada aos arquivos da Academia de Música e Belas Artes da Madeira (AMBAM) e do Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira (ISAPM)

A AMBAM, criada em 1946 pela Sociedade de Concertos da Madeira, além do seu papel único no ensino artístico regional, empreendeu uma ação dinamizadora no campo da promoção e divulgação da música e das artes plásticas, organizando concertos, recitais e exposições. No período do pós 25 de Abril, a Academia é extinta e das suas três secções nascem três novos estabelecimentos de ensino (Academia de Línguas da Madeira, Conservatório de Música da Madeira e Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira.

O ISAPM, criado em 1977, deu continuidade à ação da Secção de Belas Artes da AMBAM no ensino de cursos superiores na área das artes plásticas, tendo sido integrado na Universidade da Madeira (UMa) em 1992 e alterado a sua designação para Instituto Superior de Arte e Design. Após nova redação dos estatutos da UMa em 1998, o instituto é extinto.

Estes arquivos possuem evidente e elevado interesse para a história da educação artística regional, uma vez que foram as únicas instituições de ensino que ministraram cursos superiores de artes plásticas na Madeira.

Do tratamento documental destes fundos resultaram os inventários n.º 146 (AMBAM) e n.º 147 (ISAPM), já disponíveis para consulta, dos quais se destacam as séries “Atas de reuniões da Secção de belas Artes”, “Registo de termos de matrícula”, “Projetos de estatutos” e a correspondência. A mostra estará patente ao público até 30 de abril de 2017.

Pin It on Pinterest