Região com a taxa de desemprego no valor mais baixo dos últimos 5 anos

A taxa de desemprego na Região Autónoma da Madeira no 4º Trimestre de 2016 fixou-se nos 11%, o que corresponde a um recuo de 2,2% e de 3,7% face ao trimestre anterior e período homólogo de 2015, respetivamente.  Os dados divulgados quarta-feira, 8 de fevereiro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), colocam a taxa de desemprego na região autónoma no valor mais baixo dos últimos 5 anos, menor do que a registada no 1º trimestre de 2011, correspondendo a período anterior ao do anúncio do pedido de assistência financeira pelo Governo da República à Comissão Europeia.

A Madeira apresenta a maior descida (-2,2%), seguida do Alentejo (-1,0), Norte e Açores, ambas com recuo de -0,3%, num trimestre em que a taxa de desemprego do país continuou nos 10,5%, ou seja, igual ao trimestre anterior.

A população empregada na Madeira e Porto Santo ascende cresceu 2,4% no período homólogo, atingindo os 114.200 cidadãos no mercado de trabalho.

Importa igualmente referir a diminuição de jovens desempregados, com -43,3% e -60% face ao trimestre anterior e período homólogo, respetivamente. Relevar, por último, o recuo da população desempregada à procura de emprego há 12 ou mais meses.

Segundo o INE, verifica-se na Região Autónoma da Madeira uma descida de 11,4% e de 29,5% em relação ao trimestre anterior e ao período homólogo.

Pin It on Pinterest