CMF e ACIF apresentam concurso de vitrinismo para o comércio local

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, e a Presidente da Associação Comercial e Industrial do Funchal, Cristina Pedra, apresentaram, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o concurso de vitrinismo “Cidade das Flores”, com o objetivo de ajudar o comércio tradicional do Funchal a capitalizar aquele que é um dos mais importantes cartazes turísticos da região, a Festa da Flor, que se realiza de 4 a 21 de maio.

Paulo Cafôfo enalteceu “a preocupação muito grande do atual Executivo para com a Economia da cidade, e o comércio tradicional em particular, o que conduziu ao desenvolvimento de uma estratégia de fundo nesse campo – o Programa de Revitalização do Comércio e Serviços do Funchal -, de onde têm provindo todas as grandes medidas para o sector nos últimos dois anos.”

O edil explicou, neste caso, que à luz de um cartaz turístico tão impactante para a cidade e para a Região como a Festa da Flor, “a Autarquia não podia perder a oportunidade de incentivar os comerciantes locais a terem um papel o mais dinâmico possível”, considerando que “a imagem das lojas, e o vitrinismo em especial, tende a ser um capítulo determinante nesta matéria.”

Em jogo estarão três prémios monetários (1000, 500 e 250 euros) e as candidaturas decorrem até dia 21 de abril, através dos sites oficiais da CMF e da ACIF. O júri vai avaliar as decorações das montras a concurso, tendo por base três critérios: utilização de flores regionais (10%), criatividade (35%) e harmonia (55%).

O lançamento do concurso serviu também para as duas entidades entregarem o prémio de vitrinismo realizado no âmbito do evento Aldeia de Natal, igualmente de organização conjunta, no passado mês de dezembro, com Cristina Pedra a aproveitar para elogiar os resultados da parceria estabelecida com a CMF nos últimos anos. Jocelina Jardim, da loja Lustre, de acessórios de moda, na Rua dos Ferreiros, foi a vencedora e recebeu como prémio um espaço na Expomadeira, de 7 a 16 de julho, no valor de 900 euros.

Paulo Cafôfo anunciou, por fim, um pacote de ações de formação, dirigidas aos comerciantes da cidade, nas áreas do atendimento, vitrinismo e novas tecnologias/marketing digital, que considerou essenciais para a modernização do sector, com data a definir em breve.

CMF e ACIF apresentam concurso de vitrinismo para o comércio local
Classificar este artigo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X