Setúbal: Prisão preventiva para suspeito de burlas e furtos a idosos

O Comando Territorial de Setúbal, através dos Núcleos de Investigação Criminal de Setúbal e de Palmela, detiveram, em Sesimbra, dois homens de nacionalidade portuguesa e uma mulher de nacionalidade brasileira, por burlas e furtos a idosos.

A ação foi o culminar de um processo cuja investigação decorria há cerca de um ano, durante o qual os suspeitos furtaram diversos objetos de valor no interior de residências, essencialmente de pessoas idosas e a viverem sozinhas.

Como modus operandi, a mulher, fazendo passar-se por comercial de uma empresa de telecomunicações e, com o objetivo de angariar alegados clientes porta à porta, solicitava às vítimas o preenchimento de um formulário, permitindo a esta a sua entrada na residência.

Apresentando aos supostos clientes grandes vantagens na contratação dos serviços da empresa, a suspeita conseguia elaborar um falso contrato e, desta forma, chamar um falso funcionário para realizar a leitura e passagem dos cabos de rede.

Uma vez no interior da residência, enquanto a mulher conversava com as vítimas numa divisão, um dos suspeitos percorria a restante residência e furtava todos os objetos de valor que encontrava, nomeadamente dinheiro e ouro.

Só mais tarde e após os falsos funcionários saírem das residências é que as vítimas detetavam que tinham sido alvo de furto.

Nesta operação foi apreendido: Cerca de 150 gramas de objetos em ouro; Uma arma de caça e diversas munições; 500 euros em numerário; Uma viatura; Diversos telemóveis.

Os detidos foram presentes a tribunal ontem, dia 15 de fevereiro, tendo sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, a um dos suspeitos. Os outros dois foram sujeitos a apresentações semanais no posto policial da área de residência.

Pin It on Pinterest