Portugal e Espanha chegaram a acordo em relação a Almaraz

Portugal e Espanha entenderam-se sobre a central nuclear de Almaraz e chegaram a uma “resolução amigável”, anunciou hoje a Comissão Europeia. Ou seja, Portugal retira a queixa em Bruxelas porque Espanha comprometeu-se a não avançar com o armazém para resíduos nucleares.

“Espanha e Portugal comprometem-se a encetar um diálogo e um processo de consulta construtivo com vista a alcançar uma solução para o actual litígio sobre a construção de um aterro de resíduos nucleares na central nuclear de Almaraz”, assinala uma declaração conjunta do presidente da Comissão e dos chefes de Governo de Portugal e Espanha, divulgada em Bruxelas. “Neste contexto, terá lugar, nos próximos dias, uma visita conjunta às instalações, que irá contar com a participação da Comissão. A visita e o processo de consulta permitirão às partes analisar e ter em conta as preocupações legítimas quanto a este projeto e acordar medidas adequadas para dar resposta a estas preocupações de forma proporcional.”

O acordo surgiu na sequência de uma reunião promovida por Jean-Claude Juncker com António Costa e Mariano Rajoy na cimeira de Malta, a 03 de Fevereiro.

Foi a 16 de Janeiro que Portugal apresentou à Comissão Europeia uma queixa contra Espanha, por as autoridades do país vizinho não terem procedido a uma avaliação dos impactos transfronteiriços do armazém para resíduos nucleares em Almaraz.

Pin It on Pinterest