‘Colombus Trail Run’ é exemplo de turismo de natureza ativo

O Diretor Regional do Turismo destacou a importância de iniciativas como o ‘Colombus Trail Run’, salientando que confirmam o sentido da política de turismo de natureza ativo definida pelo Plano Estratégico e de Marketing do Turismo dos Açores, que tem vindo a ser concretizado pelo Governo dos Açores e pelos agentes privados do setor, enquanto elemento caraterizador e diferenciador deste destino. Filipe Macedo falava em Santa Maria na entrega de prémios da segunda edição desta prova, que contou com cerca de uma centena e meia de atletas, dos quais cerca de 120 oriundos de fora da ilha, de 10 nacionalidades diferentes.

Na ocasião, o Diretor Regional salientou que esta é uma prova com elevado impacto económico na ilha de Santa Maria, assumindo grande relevância num contexto local e projetando-a a uma escala internacional. “Estamos a falar do mês de fevereiro, numa época tradicionalmente baixa para o turismo nos Açores, com reflexos nas atividades das empresas que se dedicam à hotelaria, restauração e animação turística, pelo que é com muita satisfação que se verifica que Vila do Porto e a ilha de Santa Maria estão cheias de gente”, afirmou Filipe Macedo, destacando o ambiente vivido antes e depois da prova, importante para o tecido económico da ilha, enquanto iniciativa que permite atenuar a sazonalidade do setor.

Na sua intervenção, destacou ainda a capacidade que a organização do evento teve ao envolver a população mariense na prova, com mais de 150 voluntários, o que demonstra que o ‘Colombus Trail Run’ já é considerado pela sociedade mariense como a sua prova de Trail Run.

“É importante deixar o desafio às entidades privadas que atuam na área do turismo para que entendam estas, e outras provas, como um investimento de promoção dos Açores e de cada uma das entidades que gerem – nomeadamente os hoteleiros, a restauração e as empresas de animação turística – e que também possam, numa fase crescente de consolidação do turismo, contribuir de forma ativa para este projeto, que é de todos nós”, afirmou Filipe Macedo.

Registe-se que a segunda edição do Columbus Trail contou com mais de 120 atletas de 10 nacionalidades diferentes, sendo que a prova superou as expetativas da organização. Destaque para a vitória do português Armando Teixeira, que completou os 77 km da ultra maratona em 07h29m19s, estabelecendo um novo recorde para aquele percurso. Na maratona, o polaco Kamil Leśniak foi o mais rápido enquanto que na meia maratona, prova introduzida nesta edição, foi Manuel Moreno a sagrar-se vencedor

Pin It on Pinterest