Vendas do PlayStation VR surpreendem Sony pela positiva

A confirmação foi dada pela empresa numa entrevista ao The New York Times. Na conversa, o responsável da Sony Interactive Entertainment, Andrew House, confessou que as previsões da empresa apontavam para um milhão de unidades vendidas do dispositivo até meados de abril deste ano. Ainda estamos em fevereiro e a empresa já conseguiu vender 915 mil unidades do seu “capacete” de realidade virtual, o que torna quase certo que a meta não só será possível de cumprir, como deve ter condições para ser ultrapassada.

A procura acima do previsto também teve impacto nas vendas, admite agora o responsável. Desde que o PlayStation VR foi lançado, em outubro do ano passado, tem sido dificil encontrar o dispositivo nas lojas, por estar várias vezes esgotado.

A partir de abril a empresa acredita que conseguirá resolver a questão, reforçando a produção. Também tem planos para levar o produto a novas geografias na América Latina, adiantou o mesmo responsável. O dispositivo de realidade virtual da Sony chegou a Portugal, que integrou o primeiro leque de países a receber o gadget, em outubro do ano passado. Por cá custa 399,99€.

O “capacete” de realidade virtual da Sony é composto por um ecrã OLED de 5,7 polegadas munido de tecnologia 3D. Foi concebido para apresentar uma latência reduzida e uma visualização sem interrupções e mais imersiva, com 120 fotogramas por segundo.

Pin It on Pinterest