160 mil euros para recuperar Casa dos Milagres

Está a decorrer a empreitada de Reabilitação da Casa dos Milagres, na freguesia de Vila Verde, no concelho de Alijó, distrito de Vila Real, adjudicada à firma, LUSOCOL – Sociedade Lusa de Construções, Lda, e representando um investimento de cerca de 160 mil euros.

Trata-se de uma ação integrada na candidatura de Impacto Ambiental do Aproveitamento Hidroelétrico de Foz Tua e promovida pela Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua. A primeira fase da intervenção contemplou o restauro de uma das maiores coleções de ex-votos existente em Portugal.

A Casa dos Milagres situa-se no centro da aldeia, e é nela que se encontram os ex-votos, 94 tábuas votivas de óleo sobre madeira e metal, datadas de 1758 a 1896, quadros narrativos de milagres ou graças realizadas que o povo solicitava, e eram concedidas.

De acordo com o protocolo assinado, em 2013, entre a Direção Regional de Cultura do Norte, a EDP – Gestão da Produção de Energia S.A. e a Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua – Associação ADRVT, compete à EDP financiar a valorização de património cultural localizado em Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor, municípios abrangidos pelo Aproveitamento Hidroeléctrico de Foz Tua.

A Direção Regional de Cultura do Norte é a entidade responsável pela coordenação e implementação do projeto de valorização do património, que inclui um conjunto de monumentos previamente identificados entre esta entidade e os municípios envolvidos.

Pin It on Pinterest