Lido teve 190 mil visitas no primeiro ano e terá um Centro Azul

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, esteve hoje presente no Complexo Balnear do Lido para assinalar o primeiro aniversário da reabertura deste marco histórico da frente mar funchalense. Paulo Cafôfo enalteceu o que considerou “um espaço de memórias para todos nós” mas, especialmente, “um espaço onde todos os madeirenses voltaram a poder criar novas memórias, depois de seis anos de encerramento demasiado longos”.

Ao longo dos últimos doze meses, “foram mais de 190 mil utentes a passarem pelo Lido, o que nos deixa naturalmente felizes, num complexo para todo o ano, que tem um público fiel todos os dias, sejam madeirenses ou estrangeiros”, explicou o autarca.

Paulo Cafôfo faz, por isso, “um balanço extremamente positivo, num ano também marcado por bastantes atividades culturais e desportivas, que fazem do Lido um espaço de socialização, de divertimento e formação, carácter que queremos continuar a potenciar.” O Presidente aproveitou, assim, a ocasião para divulgar “que o Funchal terá a honra de ser distinguido este sábado com o Galardão Município Mais Azul 2017, entregue pela Associação Bandeira Azul da Europa e pela Agência Portuguesa do Ambiente, que vem reconhecer toda a nossa intervenção e as nossas atividades no âmbito da Educação Ambiental”.

A grande novidade da manhã foi, por isso, o anúncio “da abertura de um Centro Azul no Complexo Balnear do Lido, que terá um espaço físico próprio, atrativo e dinâmico, com biblioteca e atividades para todas as idades, e que será um centro dinamizador de educação ambiental para o desenvolvimento sustentável e de informação sobre a Bandeira Azul”. O Centro Azul do Lido, que será um caso único na Região, estará operacional no início da época balnear, em junho.

Pin It on Pinterest