Ordem dos Médicos Veterinários disponibiliza ajuda a animais vítimas do incêndio de Pedrógão Grande

A Ordem dos Médicos Veterinários vem manifestar a sua total solidariedade e ajuda às vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, disponibilizando apoio a todos os animais que estejam direta ou indiretamente envolvidos na catástrofe.

Foram atempadamente colocados à disposição das entidades competentes os meios materiais e humanos considerados necessários, tendo sido já facultados medicamentos e alimentação para animais de companhia e de produção, no sentido de minimizar as consequências do incêndio.

Para Jorge Cid, Bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, “Os médicos veterinários, uma classe já de si solidária, vem manifestar a sua ajuda e apoio perante uma tragédia desta dimensão. Lamentamos profundamente a perda das 64 vidas humanas que ocorreu na sequência dos incêndios iniciados em Pedrogão Grande. Esta tragédia atingiu também muitos animais e pretendemos evitar mais perdas prestando todo o apoio e auxílio que esteja ao nosso alcance.”.

Atualmente não existem procedimentos estabelecidos em casos de catástrofes para os animais, o que dificulta o apoio às vítimas. “Esta situação demonstra a necessidade de se começar a pensar em procedimentos que facilitem o processo de ajuda aos animais em casos de catástrofe, uma vez que hoje, nada está previsto nesse sentido.”, remata Jorge Cid.

A assistência aos animais está a ser coordenada através do Conselho Regional do Centro da OMV, com a Proteção Civil local, Santa Casa da Misericórdia e vários profissionais da região, nomeadamente Médicos Veterinários Municipais, Médicos veterinários dos Centros de Atendimento Médico Veterinários e das Organizações de Produtores Pecuários.

Pin It on Pinterest