Medidas poderiam ter “moderado os efeitos” em Pedrógão

A tomada de medidas por parte do Comando, imediatamente a seguir ao início do incêndio de Pedrógão Grande, poderiam ter “moderado os efeitos” da catástrofe, afirmou João Guerreiro, o presidente da Comissão Técnica Independente sobre os incêndios de Junho.

Com base no relatório de 296 páginas entregue ao presidente da Assembleia da República e aos representantes dos grupos parlamentares, o ex-reitor da Universidade do Algarve diz que deveria ter existido um “sistema de sensibilização e informação” para retirar as pessoas das aldeias.

“Se houvesse um sistema de sensibilização e informação, se o Comando, na altura apropriada, entre as 15:00 e as 16:00, pudesse ter tido uma actuação para sensibilizar a população e de dar instruções de evacuação ou pelo menos de não saírem de casa, provavelmente os dramas que aconteceram não teriam acontecido”, disse João Guerreiro, lembrando que foi nessa hora, entre as 17:00 e as 18:00, que morrem as 64 vítimas do incêndio.

Medidas poderiam ter “moderado os efeitos” em Pedrógão
Classificar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest