Museus gratuitos aos domingos e feriados aumentam a “qualificação humana”

O Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes sublinhou a importância do setor na dinamização da economia: «É um reverter de uma medida e que irá beneficiar todos os residentes em território nacional» disse, referindo-se ao regresso da gratuitidade na entrada dos museus em todos os domingos e feriados até às 14 horas.

«Esta medida facilita que os museus sejam mais vividos e isso aumentará a qualificação humana, o espírito criativo e o conhecimento», acrescentou, em declarações aos jornalistas à entrada do Museu Nacional de Machado de Castro, em Coimbra.

Lembrando que «já tínhamos várias isenções», o Ministro disse que «agora passa a ser geral. Esta medida vai, garantidamente, atrair mais pessoas» aos museus.

A gratuidade na entrada dos museus em todos os domingos e feriados até às 14 horas foi suspensa em 2014, altura em que as entradas passaram a não se pagar apenas no primeiro domingo de cada mês, durante todo o dia, tendo então a Direção-Geral do Património Cultural criado um bilhete destinado às famílias numerosas.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger