Paulo Cafôfo visitou obras do novo sintético do Carvalheiro

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, visitou as obras do novo campo sintético do Clube de Futebol Carvalheiro, um investimento de 45 mil euros da Autarquia, que também vai permitir usar a infraestrutura de forma polivalente, para diversas atividades socioculturais, na freguesia do Imaculado Coração de Maria.

Acompanhado pelo Presidente do clube, Pedro Araújo, pela Vice-Presidente da Autarquia, Idalina Perestrelo, e pelo Presidente da Junta de Freguesia do Imaculado, Gonçalo Aguiar, Paulo Cafôfo aludiu ao contrato-programa assinado para o efeito entre a Autarquia e o clube no passado mês de abril e registou o bom andamento das obras, antes de enaltecer que “a missão de um Presidente da Câmara é dar apoio a quem merece. Para mim, o Carvalheiro é um caso especial, porque acompanhei este crescimento. Há quatro anos, o clube estava quase parado e foi esta Direção que o levou a outro patamar. O Carvalheiro recuperou, hoje, a sua importantíssima função para a comunidade do Imaculado, mas continua a crescer, para fora da cidade e da Região. Quando assim é, só nos resta apoiar.”

Pedro Araújo, Presidente da Direção, referiu, por sua vez, que “a Autarquia confiou no trabalho que tem sido desenvolvido no Carvalheiro nos últimos anos”, tendo elogiado, ainda, o papel da Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, na pessoa do seu Presidente, Gonçalo Aguiar, “por ser um parceiro ativo do clube e também ter contribuído para este desfecho.” O dirigente considera o novo campo “uma conquista histórica do clube e o maior investimento municipal de sempre no Carvalheiro” e concluiu que “esta requalificação das nossas instalações tem como grandes vencedores os nossos jovens e as nossas crianças.”

O investimento municipal no Carvalheiro é considerado, pela Autarquia, uma consequência lógica do reforço de apoios financeiros ao associativismo a clubes do concelho, que duplicaram ao longo do corrente mandato, depois da CMF se ter libertado do Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), o resgate financeiro assinado em 2012, pelo Executivo anterior, que impunha, entre muitas outras contrapartidas, a redução dos subsídios municipais.

O atual Executivo promoveu, desde então, uma subida sustentada deste tipo de apoios, assente na sua gestão financeira rigorosa, que lhe permitiu duplicar os apoios ao associativismo em três anos. A área Desportiva/Sociodesportiva assume a segunda maior fatia do total.

Foi, igualmente, desenvolvido um Regulamento Municipal para a atribuição transparente destes apoios ao Associativismo, e incrementadas as parcerias e a proximidade com os clubes da cidade, nomeadamente através do projeto “Funchal, Cidade Ativa”, onde a Autarquia conta com todos os clubes que apoia para dinamizar atividades ao ar livre, em espaço público, que sejam abertas a toda a população residente e aos turistas, e que decorrem ao longo de todo o ano. O CF Carvalheiro é um deles.

A Autarquia tem procurado, igualmente, através de uma criteriosa política de investimentos, requalificar infraestruturas de usufruto público com impacto na comunidade, nomeadamente no que concerne ao desporto de formação, de que esta requalificação do campo do Carvalheiro é um excelente exemplo. Recorde-se que, além das múltiplas intervenções em campos desportivos de escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico nos últimos anos, já está igualmente anunciada a renovação do campo sintético do Clube Desportivo 1º de Maio, em São Gonçalo.

Pin It on Pinterest