Detenção de incendiário florestal – Alcanena

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação criminal de Leiria, procedeu à detenção de um homem, solteiro, reformado, pela presumível prática de dois crimes de incêndio florestal, em terrenos agrícolas e florestais.

A Polícia Judiciária contou com a colaboração da GNR de Alcanena. O suspeito ateou os incêndios por ter atração pelo dispositivo de combate aos incêndios florestais e por gostar de o ver atuar.

O detido, de 27 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de obrigação de permanência na habitação.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 38 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger