Detenção de incendiário florestal – Proença-a-Nova

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, procedeu à detenção de um homem, casado, reformado, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal em terreno povoado por mato, pinheiros e sobreiros.

O incêndio ocorreu em Chão do Galego, freguesia de Montes da Senhora, no dia 25 de setembro e foi ateado com fósforos pelo detido, sem motivo aparente mas sob o efeito do álcool.

O detido, de 81 anos, foi presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, tendo ficado em prisão preventiva.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 96 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Pin It on Pinterest