Maduro quer “conversar pessoalmente”com Donald Trump

O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, anunciou esta quinta-feira que pretende “conversar pessoalmente” com o homólogo norte-americano, Donald Trump.

“Tome medidas de modo a que eu possa ter uma conversa pessoal com Donald Trump”, afirmou Nicolás Maduro, dirigindo-se ao recém-nomeado ministro dos Negócios Estrangeiros da Venezuela, Jorge Arreaza, durante um discurso proferido perante a Assembleia Constituinte.

Maduro renovou o desejo de “restabelecer relações políticas, de diálogo e respeito” com os Estados Unidos, indicando que o diálogo com Trump pode ser mantido ao telefone ou pessoalmente, em Nova Iorque, por ocasião da Assembleia-Geral da ONU, marcada para 20 de Setembro.

Estas declarações chegam dias depois de Washington ter aplicado sanções económicas e migratórias sem precedentes contra duas dezenas de membros do Governo venezuelano, incluindo Maduro, que classificou de “ditador”, em resposta à eleição da Assembleia Constituinte feita em clima de violência.

Maduro quer “conversar pessoalmente”com Donald Trump
Classificar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X