Deficit Habitacional no Funchal agravou-se em mais de 16%

Nos últimos 4 anos , no Concelho do Funchal, o deficit habitacional agravou-se em mais de 16% . A lista de espera para acesso a uma habitação social passou, dos 3059 candidatos inscritos, para cerca 3800 famílias à procura de uma habitação social. Numa iniciativa promovida pela CDU-Madeira, Herlanda Amado apontou: “O Funchal apresenta a maior lista de espera do país. O Funchal corresponde ao Concelho com maiores carências e insuficiências de resposta habitacional. Tudo porque esta Vereação foi incapaz de atender às necessidades, às urgências da população do Concelho”. Continuando: “É perante factos tão graves como estes que a CDU se apresenta nestas próximas eleições invocando um novo rumo para o Funchal, em que a Câmara tenha um novo projecto capaz de resolver os mais graves problemas da Cidade”.

 

Pin It on Pinterest