Azores Trail Run fomenta qualificação da oferta turística

O Diretor Regional do Turismo afirmou ontem, no Pico, que as provas do Azores Trail Run são um “êxito desportivo”, frisando que fomentam a “qualificação da oferta turística” dos Açores e a “promoção da sua notoriedade internacional”.

Filipe Macedo, que falava na apresentação da terceira edição da Azores Triangle Adventure, destacou as caraterísticas “muito especiais” desta competição, que é realizada em três ilhas, utilizando os melhores recursos de cada uma, através do reforço do “caráter de complementaridade” que elas oferecem”, seja pela “imersão na paisagem natural e humanizada”, como o Vulcão dos Capelinhos, a Caldeira do Faial, a Montanha do Pico, a Paisagem Edificada da Vinha e do Vinho ou as Fajãs de São Jorge, ou pelo “contacto próximo com as tradições culturais e a integração com as comunidades locais”, através de “experiências, sentimentos, emoções, ambiente e pessoas”.

“As provas do Azores Trail Run já ultrapassaram o seu espaço regional, nacional e internacional, angariando anualmente cada vez mais participantes e com cada vez maior diversidade de nacionalidades”, frisou o Diretor Regional.

Na sua intervenção, Filipe Macedo salientou a importância de, num futuro próximo, “identificar oportunidades de capitalizar a notoriedade do Azores Trail Run no respeito pelas caraterísticas idiossincráticas das ilhas e da marca criada”, transpondo-a “para outras ilhas que possam beneficiar significativamente dos fluxos turísticos criados localmente e da notoriedade internacional destas provas”.

Para o Diretor Regional, este desígnio permite dar “uma nova dinâmica à atividade desenvolvida na rede homologada de percursos pedestres”, enquanto “verdadeira infraestrutura âncora do conceito ‘Açores Certificado pela Natureza’”, acrescentando que o seu aproveitamento pode ser feito de inúmeras formas, nomeadamente os passeios pedestres, o Trail Run e o BTT, mas também para o apoio a atividades como o ‘birdwatching’ e o turismo ligado à bio e à geodiversidade”.

“Desta forma, atuando na vertente de estruturação de produto, acreditamos estar a contribuir ativamente para a qualificação do destino, disponibilizando aos agentes privados ferramentas que potenciam a sua oferta de produtos e serviços e, desta forma, a robustez da sua atividade e, como consequência, contribuindo para mais economia, mais oportunidades de emprego e melhores condições de trabalho”, afirmou Filipe Macedo.

A 3.ª edição da Azores Triangle Adventure decorre nas ilhas do Faial, Pico e São Jorge entre 6 e 8 de outubro, correspondendo a três etapas em cada ilha, num total de aproximadamente 100 quilómetros.

Pin It on Pinterest