Açores registam o maior emprego em nove anos

A população empregada nos Açores no terceiro trimestre deste ano é a maior que se verifica desde 2008, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) ontem divulgados.

A população empregada estimada é de 112.351 trabalhadores, o que representa mais 13.358 pessoas empregadas nos Açores do que em 2014, ano em que se verificou uma taxa de desemprego de 18 por cento. Comparativamente, o número de desempregados baixou em cerca de 54 por cento.

Assim, de acordo com o INE, a taxa de desemprego é agora menos de metade do que era no primeiro trimestre desse ano.

A taxa de desemprego desceu para 8,2 por cento no terceiro trimestre deste ano, sendo a mais baixa registada em quase sete anos na Região e inferior à média nacional, que também desceu para 8,5 por cento.

Os dados resultantes do Inquérito Trimestral ao Emprego realizado pelo INE revelam um aumento da criação de emprego por comparação com o trimestre anterior e ao mesmo período do ano passado, com uma subida de 3,8%, o que significa mais 4.140 empregos criados na Região.

Todos os setores de atividade económica registaram, comparativamente ao mesmo trimestre de 2016, um crescimento da população empregada no conjunto dos meses de julho, agosto e setembro.

Os dados do INE revelam que no setor primário houve uma subida de 18,1 por cento, no secundário de 5,5 por cento e no terciário de 1,7 por cento, enquanto no subsetor da construção se verificou um aumento de 12,4 por cento.

Relativamente ao número de desempregados estimados, verifica-se que é o mais baixo da série do Inquérito ao Emprego publicada há 27 trimestres e tendo como referência o quarto trimestre de 2010.

O desemprego baixou em 22,5 por cento, por comparação com o mesmo período do ano passado – o que representa menos 2.922 desempregados – e em relação aos três meses anteriores, com uma redução de 17,8 por cento, o que significa menos 2.180 pessoas desempregadas.

Este é, assim, o 13.º trimestre consecutivo, mais de três anos, em que se verifica uma diminuição correspondente do desemprego.

A subida do emprego e a diminuição desemprego ocorrem num contexto de aumento da população ativa.

Este é, de acordo com os dados do INE, o terceiro trimestre consecutivo em que se verifica um aumento da população ativa e de população empregada, em simultâneo com uma diminuição do desemprego.

Pin It on Pinterest