Acordo une IP-RAM e Escola de Enfermagem de S. José de Cluny

O Instituto para a Qualificação, IP-RAM e a Escola Superior de Enfermagem de S. José de Cluny celebraram um protocolo de cooperação visando um intercâmbio de atividades e rentabilização de recursos logísticos e humanos. No imediato, o acordo permite, aos 12 alunos do Instituto que frequentam o curso de Técnico de Geriatria, aceder aos laboratórios da Escola e às vagas disponibilizadas para os cursos técnicos superiores profissionais ali ministrados.

A subscrição do documento mereceu presença e homologação do Secretário Regional de Educação, Jorge Carvalho, que na oportunidade felicitou aquelas duas instituições pelo envolvimento criado. «Esta partilha permitirá rentabilizar meios e otimizar recursos, porque cada instituição emprestará à outra aquilo que tem de melhor. Desta forma, procuramos criar condições para que os formandos possam fazer o seu percurso com os melhores meios, porque assim teremos quadros humanos altamente qualificados e deles poderemos esperar bons desempenhos», sublinhou o governante, considerando que aquele protocolo procura responder às diferentes necessidades da sociedade e aos objetivos profissionais dos discentes. «É um momento de grande importância para as duas instituições, mas sobretudo para os formandos e para a nossa Região Autónoma», concretizou.

Por seu turno, Merícia Bettencourt, Presidente do Conselho de Direção da Escola Superior de Enfermagem de São José de Cluny, manifestou-se satisfeita por ver formalizada aquela parceria com o IQ, IP-RAM. «Este protocolo permitirá trocarmos espaços, possibilidades, ideias e informação, divulgar a nossa oferta formativa e disponibilizar os nossos laboratórios para um treino em simulador que nos dará maiores competências», relevou a responsável daquela instituição que está prestes a completar 70 anos de atividade e conta agora com o Curso Técnico Superior Profissional em Gerontologia e Cuidados de Longa Duração.

Pin It on Pinterest