Coro Infantil comemora 30 anos e homenageia a padroeira Santa Cecília

O Coro Infantil da DSEAM comemora os seus 30 anos e homenageia padroeira da música Santa Cecília é uma das santas mais veneradas da Igreja Católica e, desde o século XV, considerada a padroeira da música, dos músicos e do canto sacro. A sua festa religiosa é celebrada a 22 de novembro, considerado também como o Dia dos Músicos no Brasil. Compositores eruditos importantes como Henry Purcell, Georg Friedrich Händel e Benjamin Britten escreveram composições em sua honra, e músicos populares também lhe fizeram referência, como Paul Simon, David Byrne, Brian Eno e Dave Grohl.

Celebrando este ano as suas 30 primaveras, o Coro Infantil da Direção de Serviços de Educação Artística e Multimédia (DSEAM) irá apresentar-se em concerto comemorativo e também de homenagem a Santa Cecília, onde interpretará um repertório diversificado de música sacra, abarcando diversos compositores e proporcionando aos ouvintes sentimentos e emoções. Este evento, que contará igualmente com a solenização da eucaristia, acontecerá neste sábado, dia 18, na Igreja de S. Francisco Xavier, Calheta, pelas 17 horas.

O Coro Infantil da DSEAM foi formado em outubro de 1987, na dependência da Secretaria Regional de Educação (SRE).

Nesse ano, a Região Autónoma da Madeira via nascer, também, o Si Que Brade, constituindo-se os dois primeiros grupos artísticos da DSEAM. Atualmente, é composto por 66 crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos, que cantam a 2/3 vozes. É objetivo deste coro dar às crianças a oportunidade de cultivar uma apreciação pela música e compartilharem os seus talentos ao entregarem uma mensagem positiva de esperança, amor e paz.

A direção artística é da responsabilidade de Zélia Ferreira Gomes. Desde a sua constituição, este coro tem participado em inúmeras atuações de caráter sociocultural, organizadas por entidades públicas e privadas, bem como em programas de rádio e televisão, salientando-se a participação anual no Festival da Canção Infantil da Madeira, onde faz o suporte coral de todas as canções concorrentes. Participou em vários encontros e festivais de coros infantis e juvenis, dentro e fora da Madeira. Este momento de festa e celebração será igualmente aproveitado para agraciar alguns elementos do coro pelo seu percurso, empenho e dedicação ao grupo.

Pin It on Pinterest