Presidente de Angola exonera a cúpula das forças de segurança

O Presidente de Angola, João Lourenço, exonerou a cúpula das forças de segurança, substituindo as chefias da Polícia Nacional e do Serviço de Inteligência e Segurança Militar, ambas nomeadas por José Eduardo dos Santos. As exonerações foram anunciadas na TPA, televisão pública de Angola.

Por ordem de João Lourenço, foi exonerado o general António José Maria do cargo de chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar, fazendo com que o chefe das secretas militares passe a ser Apolinário José Pereira, exonerado da Comissão Especial de Serviço no Ministério das Relações Exteriores para desempenhar o novo cargo. António José Maria é um dos membros do círculo de poder mais próximo a José Eduardo dos Santos.

Já comandante-geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, será substituído por Alfredo Eduardo Manuel Mingas, antigo comandante da Polícia de Intervenção Rápida e ex-embaixador em São Tomé e Príncipe. Lemos nega que a sua exoneração possa ter uma leitura política, explicaando que já tinha ultrapassado a idade da reforma, fixada os 65 anos. Ambrósio de Lemos, nomeado pelo ex-Presidente José Eduardo dos Santos para o cargo de comandante-geral da Polícia Nacional em 2006, tem actualmente 72 anos.

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest