PJ detém dois agentes da PSP e um militar da GNR

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de 10 pessoas, com idades compreendidas entre os 31 e os 49 anos, numa operação contra a prestação ilegal de serviços de segurança privada. Entre os detidos estão três elementos de forças de segurança: dois agentes da PSP e um militar da GNR.

Em causa está a prática de crimes de ameaça, coacção, ofensa à integridade física, sequestro, exercício ilegal de segurança privada, tráfico, mediação e detenção de armas proibidas e corrupção.

“A investigação teve início com a denúncia do exercício de segurança privada ilegal em estabelecimentos nocturnos e a prática, por parte dos seguranças, de crimes de ameaça, coacção, ofensa à integridade física grave e sequestro relativamente a clientes desses espaços”, detalha a PJ.

Pin It on Pinterest