Portugal condena ‘lançamento’ da Coreia do Norte

Portugal condenou “firmemente” o lançamento de um novo míssil balístico pela Coreia do Norte e exortou a comunidade internacional a exercer “a máxima pressão” para um “diálogo sério” com vista ao “abandono completo” dos programas balístico e nuclear.

Em comunicado divulgado hoje pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), o Governo português “condena firmemente o lançamento de mais um míssil balístico de alcance intercontinental pela República Popular Democrática da Coreia”, ocorrido esta quarta-feira de madrugada.

Para Lisboa, está em causa uma “nova demonstração de manifesto desprezo pelas obrigações definidas em diversas resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, que o regime norte-coreano insiste em violar, pondo em risco de modo irresponsável a segurança regional e internacional”.

A televisão estatal da Coreia do Norte anunciou na quarta-feira o lançamento “bem sucedido” de um novo modelo de míssil balístico intercontinental, batizado de Hwasong-15. Especialistas acreditam que o míssil teria capacidade para ter viajado num voo normal com mais de 13 mil quilómetros, o suficiente para chegar a Washington ou a qualquer parte continental dos Estados Unidos.

Pin It on Pinterest